Nos acompanhe nas redes sociais


DESTAQUES DA LOJA

As feministas, modernas e independentes vão odiar esse texto, que vi no bloguito Resolvido a Dois e não sabemos quem é a autora...
mas eu, com meus desejos domésticos...simplesmente AMEI.

valhe a pena ler...

  

Desabafo de uma Mulher Moderna
"São 6:30 da manhã...
O despertador canta de galo e eu não tenho forças nem para atirá-lo contra a parede...

Estou tão cansada... não queria ter que trabalhar hoje...

Queria ficar em casa, cozinhando, ouvindo música, cantarolando, até....
Se tivesse filhos, gastaria a manhã brincando com eles, se tivesse cachorro, passeando pelas redondezas... Aquário? Olhando os peixinhos nadarem... Se eu tivesse tempo... gostaria de fazer alongamento...Brigadeiro.

Tudo menos sair da cama e ter que engatar uma primeira e colocar o cérebro pra funcionar. Gostaria de saber quem foi a mentecapta, a infeliz matriz das feministas que teve a estúpida ideia de reivindicar direitos de mulher... queria saber PORQUE ela fez isso conosco, que nascemos depois dela.

Estava tudo tão bom no tempo das nossas avós... elas passavam o dia a bordar, trocar receitas com as amigas, ensinando-se mutuamente segredos de molhos e temperos, de remédios caseiros, lendo bons livros das bibliotecas dos maridos, decorando a casa, podando árvores, plantando flores, colhendo legumes das hortas, educando as crianças, frequentando saraus, ENFIM, a vida era um grande curso de artesanato, medicina alternativa e culinária.

Aí vem uma fulaninha qualquer que não gostava de sutiã nem tão pouco de espartilho, e contamina várias outras rebeldes inconseqüentes com ideias mirabolantes sobre 'vamos conquistar o nosso espaço'!!!

Que espaço, minha filha??? Você já tinha a casa inteira, o bairro todo, o mundo aos seus pés.

Detinha o domínio completo sobre os homens, eles dependiam de você para comer, vestir, pra tudo!!!

Que raio de direitos requerer ?

Agora eles estão aí, são homens todos confusos, que não sabem mais que papéis desempenhar na sociedade, fugindo de nós como o diabo foge da cruz.

Essa brincadeira de vocês acabou nos enchendo de deveres, isso sim. E nos lançando no calabouço da solteirice aguda. Antigamente, os casamentos duravam para sempre, tripla jornada era coisa do Bernard do vôlei - e olhe lá, porque naquela época não existia Bernardinho do vôlei.

PORQUE ???..me digam PORQUE um sexo que tinha tudo do bom e do melhor, que só precisava ser frágil, foi se meter a competir com o macharedo?


Olha o tamanho do bíceps deles, e olha o tamanho do nosso. Tava na cara que isso não ia dar certo!!!

Não aguento mais ser obrigada ao ritual diário de fazer escova, maquiar, passar hidratantes, escolher que roupa vestir, e que sapatos combinar, que acessórios usar... tão cansada de ter que disfarçar meu humor , que sair sempre correndo, ficar engarrafada, correr risco de ser assaltada, de morrer atropelada, passar o dia ereta na frente do computador, com o telefone no ouvido, resolvendo problemas que nem são meus!!!

E como se não bastasse, ser fiscalizada e cobrada (até por mim mesma) de estar sempre em forma, sem estrias, depilada, sorridente, cheirosa, com as unhas feitas, sem falar no currículo impecável, recheado de mestrados, doutorados, e especializações (ufffffffffffffffffff!!!!!!!).

Viramos super mulheres e continuamos a ganhar menos do que eles... Não era muito melhor ter ficado fazendo tricô na cadeira de balanço?

CHEGAAAAAAA!!!... eu quero alguém que pague as minhas contas, abra a porta para eu passar, puxe a cadeira para eu sentar, me mande flores com cartões cheios de poesia, faça serenatas na minha janela...ai , meu Deus, já são 7:30, tenho que levantar!...

E tem mais, quero alguém que chegue do trabalho, sente no meu sofá, coloque os pés pra cima e diga 'meu bem, me traz um cafezinho, por favor?', descobri que nasci para servir.

Vocês pensam que eu tô ironizando? Tô falando sério! Estou abdicando do meu posto de mulher moderna.... Troco pelo de Amélia. Alguém se habilita?"


 
e eu só quero não ter pressa. acordar as 8:30 passar roupa vendo Ana Maria. molhar as plantas. fazer almoço, lavar a louça. ver tv. fazer o que precisar sem ser na correria. ir na academia e terminar a noite (sem estar caindo de sono), com uma xícara de chá.


e você?
quer matar a infeliz que inventou os direitos iguais, ou prefere os tempos modernos?



51 COMENTÁRIO.:

  1. Mila, tô contigo!!! Eu tbm tenho meus desejos domésticos...meu sonho é acordar sem pressa, tomar um longo e gostoso café da manhã, sentar na frente da Tv e bordar, cuidar das minhas plantinhas, fazer comidinhas gostosas,...mas meu maior desejo nesse momento é realmente matar essa infeliz que inventou direitos iguais...kkkkk
    Bjo florzinha...adorei o texto!!!

    ResponderExcluir
  2. Adorei o texto!
    Concordo plenamente com você.
    Sou aquela a moda antiga e... forca pra quem inventou direitos iguais, rsrsrs.
    Bjos.

    ResponderExcluir
  3. Olá Camila

    Eu nunca liguei muito para essa história de direitos iguais, pois sabia que daria nisso. Até tentei trabalhar fora, tive uma empresa, mas um dia eu disse a mim mesma, quero tempo para cuidar de meus filhos, da casa de minha pessoa. Foi exatamente o que fiz e Kinho me banca desde então, com muitos mimos....
    Será que vale a pena ser tão moderna?

    BJOOOOOOOO...............
    WWW.AMIGADAMODA1.COM

    ResponderExcluir
  4. Oi Mila, amo este texto, já tinha lido, acho até que foi no blog da pessoa que o escreveu, mas quem disse que me lembro, eu simplismente amo ser mãe de 4 filhos, cuidar da minha casa, pintar, bordar, fazer muitas receitinhas gostosas para mimar os meus, é tudo de bom, beijinhos, vou postar no meu blog também,tchau

    ResponderExcluir
  5. Oi Mila,
    Vi esse texto lá e tb amei...
    Tb quero uma vida de dondoca...rs
    Bjim

    ResponderExcluir
  6. Vixi, vou ser a do contra kkkkk

    Só de pensar em ficar só em casa lavando, passando e limpando??? Me dá até alergia ! kkkkk

    Eu, definitivamente, não nasci pra Amélia, detesto afazeres domésticos...só gosto de cozinhar (e não todo dia) hehehehe

    Mas pense...e nossas realizações pessoais/profissionais? Sim, pq almejo muito mais no lado profissional ! Quero muuuuito mais ! Quero mais especializações, melhor cargo, passar em concurso, conquistar minhas metas...

    Aliás, não foi só o direito de "trabalhar fora" que conquistamos...e sim o direito de voz, de opinião.
    Temos o direito de votar, de nos expressarmos e ocuparmos cargos iguais aos dos homens. Antigamente éramos quase objetos!
    Tem muito mais envolvido nisso...questão de humilhação, subjugação, desrespeito às mulheres...não, não almejo isso não !

    Respeito quem pensa assim, mas eu pulo fora hehehehe

    Sei que é difícil mas quero sim ser mãe, esposa, boa profissional e todo o resto rsrsrs

    Agora, a mentalidade que precisa mudar é a de que a mulher que tem que fazer tudo em casa. Hoje em dia as mulheres ficam tanto tempo fora de casa quanto os homens...e eles têm a obrigação de fazer os serviços domésticos junto!

    Apoiaria uma jornada reduzida sim...afinal quando eu tiver filhos vou querer ficar mais tempo ao lado deles, mas ficar em casa tempo integral acho que não aguentaria não ! rsrs

    IMAGINA só ter que pedir pro marido pra poder comprar um sapato????

    Mas é só minha opinião, tá? Não fique brava =P

    Beijocasssss

    ResponderExcluir
  7. Amiga, posso querer os dois? hahaha

    Beijinhos.
    Daia
    http://realizandoumsonhoembh.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Milaaa!!!! Gostei bastante do texto, mas não para levar tudo ao "pé da letra"...rs...Mesmo ainda não estando casada, também tem dias em que me sinto assim, mas logo vem a realidade e me mostra que nos dias de hoje não tem mais espaço pra "mulher Amélia", temos que trabalhar e ajudar os "boys"...rs..
    Como disse, ainda não estou casada, moro com meus pais...há dois anos, fiz um acordo com meus patrões e passei a trabalhar em casa (em home office, apenas por sistema na internet e telefone). Trabalho no departamento de marketing de uma agência de viagens, sou formada em Turismo há 3 anos. E posso te dizer que depois de trabalhar em casa minha vida mudou! Tenho muito mais tempo pra mim, pros meus artesanatos (que amo), pra me arriscar na cozinha da minha mãe, pra ficar pertinho da minha familia e namorado, enfim...acho que esse é um possivel caminho para a mulher moderna! Aliar o trabalho às atividades do dia-a-dia que nos fazem bem!
    Beijão querida, fica com Deus...

    ResponderExcluir
  9. Camilaaa esse assunto ta rendendo e tá melhor que assitir Fina Estampa!

    Adorei a parte de molhar as plantas do jardim, lembro que a minha vó tinha um lindo jardim e hoje eu mato todas minhas violetas afogadas rs

    E o baby, vamos trabalhar nisso ein rs

    Hoje eu ja converti uma amiga do trabalho e chegamos a conclusão que o sofrimento compartilhado é sempre menor

    To pensando no final do ano que vem e vc?!

    Bjo Bjo

    ResponderExcluir
  10. Adorei o texto. Sabe aquele filme "O Segredo de Monalisa". Relata toda essa questão. Bem, eu adoro meu trabalho (sou "quase" advogada), mas adoraria ter mais tempo pra mim, pra minha casa, pra o meu marido!!!

    ResponderExcluir
  11. Nossa, vou confessar que queria muito ter tempo p ser amélia, viu???
    Cuidar da casa e da família com mais calma.
    Enquanto isso vamos dando uma de Mulher Maravilha.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  12. Camila, adorei o texto!
    Acredito também em equilíbrio, afinal, as mulheres devem fazer aquilo que as fazem feliz, sem julgamentos ou porque a modernidade diz o que deve ser feito.
    Se uma mulher se sente bem trabalhando 10 horas por dia, isso é o que ela deve estar fazendo. Se essa vida a deixa infeliz, então deve mudar e vice versa, se você não é feliz cuidando da casa, encontre seu caminho.

    Eu gosto de minha vida de dona-de-casa, de mãe em tempo integral e na minha vida eu sou a atriz e não a espectadora, não vejo a vida passar por uma janela de escritório.
    Eu acordo cedo sim, mas para ficar com meus filhos, passear com o cachorro, caprichar no almoço, fazer pipoca numa tarde de chuva, tirar fotos no meio do dia, tomar um longo banho, ver um filme, brincar no quintal com meus filhos, levá-los ao shooping em plena terça-feira, sentar e tomar um bom café da tarde, enfim...me pergunta se eu trocaria isso por uma vida corrida, fora de casa? Jamais, rsrs
    É o que digo, eu posso trabalhar e ter uma profissão em qualquer fase da vida, mas a infância dos meus filhos acontece uma vez só.
    E fico triste quando me chamam de dondoca, você já viu dondoca lavar banheiro e limpar o chão?
    Jamais devemos deixar a sociedade dizer como devemos levar a vida e o que é certo ou errado.
    Só sei que a vida passa depressa demais, então é desperdício fazermos aquilo que não nos deixa feliz :)
    Bjs

    ResponderExcluir
  13. Ai Mila... eu quero os dois. E agora!
    Queria ter mais tempo para cuidar da casa, do marido e do filho. Deixar tudo lindo, cheiroso e brilhando, ficar hoooooras brincando com o pequeno e fazer quitutes maravilhosos todos os dias.
    Mas por outro lado, amo meu trabalho e ver o que já conquistei me orgulha muito. Ficar só em casa, as vezes cansa (na minha licença maternidade, eu não via a hora de voltar a trabalhar).
    Acho que nunca estamos satisfeitas mesmo, né?
    Se eu pudesse intercalar, seria o ideal. Acordei hoje e rolou preguiça.... fico em casa e faço tudo o que gosto. Cansei de ser Amelia? Visto meu salto alto e vou trabalhar!
    Simples, né? hehehe
    Beijinhos,
    Fer
    http://sonhosdecasal.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  14. Esse texto parece que fui eu quem escrevi!!! Sempre brinquei com minha mãe que se eu conhecesse essa fulana que queimou o sutiã eu matava ela!!!rsrs
    O que ela quis é ótimo, voz ativa na politica, direito a votar e ter nossa profissão... tudo isso é tudo muito lindo, mas a realidade é bem diferente!!! Muitas de noz fazemos dupla função, temos que trabalhar o dia todo, temos que ter boa aparência. Chegar em casa e ter que lavar roupa, enquanto a máquina lava a roupa temos que fazer o jantar para o marido, trocar de roupa e ir pra academia pra cuidar do físico. Chega em casa ainda temos que ter disposição pra namorar o maridão que está te esperando. Quando vc consegue deitar na cama nem acredita que seu dia terminou!!!
    Pelo menos a assim meu dia, porque não tenho ninguém que faça meu serviço doméstico!!! É sim muito dificil, não temos estrutura física e psicologica para isso!!! Acho sim que mulher nasceu pra ficar em casa, podendo até ter sua profissão, mas não assumir um lar, como muitas de nós assumimos!! Temos que ter tempo sim pra NOS MESMAS cuidarmos dos NOSSOS filhos, ter tempo para eles, assim como minha mãe tinha tempo pra mim e pros meus irmãos!!! Fico imaginando um filho na minha rotina diaria!!! É impossivel!!! A não ser que eu contrate alguém pra fazer meu papel de mãe!! Ensinar MEU filho a comer, andar, falar!! Será que essa modernidade, de ter minha profissão, de ter meus diplomas e especializações COMPENSA?
    Intimamente muitas de nós confessa que NÃO!!! Não compensa mesmo!!!
    É minha opinião e já estou copiando esse texto pra mim, porque eu não sou mulher maravilha e não pretendo abraçar o mundo!!!
    Bjuss Mila e amei o texto eu não o conhecia!!!

    ResponderExcluir
  15. ADORO A VIDINHA DE AMÉLIA...NÃO SEI PRA QUÊ TANTA MODERNIDADE??
    AMEI O TEXTO.
    ÓTIMA TARDE, BJINHUXX CARINHOSOS.
    ♥ TAMI ♥

    ResponderExcluir
  16. Milaaaa! Vc já encontrou essa maria/homem? me conta quem é que tbém quero jogar uns tomates nela.... KKK

    Menina SOnho voltar trabalhar dentro de casa, no meu sistema Home Office, que exerci por 3 anos... unido o util ao agradavel e podendo cuidar de meus filhos...

    Beijos

    ResponderExcluir
  17. Há pouco mais de um ano que estou em casa. É verdade que é complicado o lance do dinheiro. Mas, vale a pena ter um salário legal e não ter qualidade de vida? Filhos, não tinha tempo para curtir. Marido, eu sempre sem ânimo. Minha casa não tinha minhas impressões nela, ficava por conta da empregada que sabe como é né? Quer saber, chutei o pau da barraca. Desta vida a gente só leva a vida que se leva. Trabalho, se for pra ser aqui em casa, ok. Mas, deixar tudo e viver como estava vivendo, vai depender muito!!!
    ABAIXO AS FEMINISTAS!!!
    Bjs.
    Fernanda

    ResponderExcluir
  18. Então Mila... não é bem um "bebê"... ele tem 2 anos e meio, praticamente um rapazinho já!
    Você conhece ele melhor aqui: http://coisasdududu.blogspot.com/
    Beijinhos,
    Fer

    ResponderExcluir
  19. Amiga do céu..
    Amei esse texto!
    Nesse momento são 16h34min estou morrrrtaaa de sono, cansada..
    Não suporto mais essa vida de dar tantas explicações aos meus chefes, de ser cobrada pelo resultado da minha equipe, de ficar 10 h do meu dia presa dentro da empresa, justificando terceiros a cada 20 minutos;
    Ao final de tudo isso, levo quase 2 horas pra chegar em casa, e ao contrário do que diz o texto, não é atrás de um volante, e sim esmagada num trem onde mal consigo respirar.
    Chego em casa, ainda tenho q dar uma geral na arrumação, fazer janta, dar atenção ao meu esposo, organizar as coisas para recomeçar tudo no dia seguinte...
    Com tudo isso, eu mal consigo ver o resultado da reforma da minha casinha acontecer, já que fico mais fora do que dentro de casa;
    E depois de toda essa luta diária, o q eu ganho em troca?
    Dois dias de folga contra cinco dias de trabalho pesado.
    E um mês de férias, depois de um ano inteiro ralando!!!
    Ser moderna pra quê?
    Tudo o que eu queria era desempenhar o papel da Amélia, tenho certeza que eu seria Muitoooo mais felizz!!!

    Nossa! Falei demais! RS

    Beijocas :*

    ResponderExcluir
  20. Adorei este texto!!!
    Flor tá rolando sorteio lá no blog participe!!!

    ResponderExcluir
  21. Oi Minha linda que saudades,não estava conseguindo abrir o blog de ninguem,sei la o que estava acontecendo,não sei se era o maldito do vírus,bom mais hoje consegui a base de muita pasciência o que não é muito o meu forte!
    Amiga que texto encantador,eu concordo em numero e gênero,apesar de ser uma AMÉLIA convicta o que amo de paixão,as vezes me pego querendo ser uma dessas modernas sitado no texto,mas vendo por outro angulo fico me perguntando,quem vai cuidar da minha filha como eu,quem vai pegar a toalha pro maridex na hora do banho,quem vai fazer o almoço,são tantas coisas que não daria mesmo pra sair toda cheirosinha e deixar a casa sozinha!
    Ai qdo leio esses textos vejo que realmente quem criou essa regras para ambos estava louca,claro que modernidade é bom,mas podemos ser modernas em casa,não é mesmo?Ficar cheirosinha durante o dia,com tempo é claro!Pra qdo o marido chegar vc esta la pronta pra deitar no colo dele,mas tbm sei que não é bem assim,mesmo estando em casa eu pelo menos me sinto extremamente cansada,não tenho tempo para bordar como minha mãe fazia e nem pra ficar batendo papo com a vizinha mas sei que qdo alguem me chamar eu estarei aqui pra consolar,mas confesso que tudo isso poderia ser remunerado u salario só ja estava bom,não ter que pedir dinheiro qdo vc quer um sapato ou uma bolsa isso as vezes faz falta,mas abdicar do direito de AMÉLIA jamais!!!!
    Amo estar aqui,beijinhos!

    ResponderExcluir
  22. Vamos todas nos unir para devolverem os nossos dias de amélia...

    Bjosss

    ResponderExcluir
  23. Eu AMO o meu trabalho, mas adoraria ter tempo pra fazer tudo que tenho vontade em casa... Sempre digo que sou uma amélia moderna porquê me viro em 10 pra dar conta de tudo, mas faço questão de cuidar eu mesma da minha casa, do meu marido e dos meus "filhos"... Mas que seria bom tomar um café no portão com as vizinhas ás 16h, ah... seria! rsrs...

    Beijos!!

    ResponderExcluir
  24. OII MINHA AMIGA!!
    PENSO ASSIM TBÉM TODOS OS DIAS...
    JÁ ESTOU PENSANDO NO FERIADO DE QUARTA PRA CURTIR MAIS A CASA, ORGANIZAR OS AFAZERES...AHHH COMO EU QUERIA SER AMÉLIA.
    E NÃO TENHO VERGONHA DE DEIZER ISSO!!

    UM SUPER BEIJO!!

    ResponderExcluir
  25. Amiga eu amo cuidar da casa, da familia e dos filhos.

    hehehehe.
    Sei que vc tbm.

    Gostaria de ser da época da minha avó ninguem me cobraria por não trabalhar fora, ser concursada e um exemplo de mulher moderna.

    O povo morre qdo falamos isso, né? Deixa o povo para lá.
    Beijinhos,
    boa noite.

    ResponderExcluir
  26. Adorei o texto eu msm sou uma dona de casa e c/o a amiga acima a Elza Carrara já viu uma dondoca lavar o banheiro kk.Enfim acho msm q no final das contas levo jeito p isso msm e isso não qr dizer q sobra só p mim ,pois meu maridão é um anjo e nós dividimos às tarefas.É claro q faço questão de fzr mais coisas afinal ele faz a parte dele,mas se precisar ele dá conta do recado kk.Tb gosto de ter meu próprio dindim por isso faço minhas encomendas(alias é o q amo fzr)tenho sonhos qm sabe um dia dar aulas por aqui na minha cidade,sei lá.E penso q se eu tivesse um filho com certeza não conseguiria sair p trabalhar fora kk to falando isso com certeza msm,pq minha filha canina tá doente e precisa de cuidados diários e se não fosse eu p estar aqui na minha casa eu não sei o q seria da pobre.Vejo q até por um lado q meu marido fica mais tranquila no trabalho sabendo q eu to aqui p cuidar dela(e olha q é só uma cadela kk já pensou se fosse um filho kk)Resumindo o respeito é o mais importante se vc pensa assim é o seu direito se não é o seu direito tb.Bjs nossa esse texto rendeu msm kk.

    ResponderExcluir
  27. Então...

    Adoro ser independente, ter meu próprio dinheiro e poder fazer minha próprias vontades...
    Mas que atire a primeira pedra aquela que nunca teve vontade de acordar um pouco mais tarde, tomar café da manhã com toda tranquilidade, ter mais tempo pra cuidar e curtir sua casinha e o melhor poder cuidar e curtir a sí mesma...

    Ultimamente acho que cuido mais do meu trabalho do que de mim....

    Bjkas

    ResponderExcluir
  28. A primeira coisa que penso quando acordo é exatamente o que diz o texto. Pq, apesar de nossos maridos nos ajudarem no que podem, no dia a dia, trabalhando fora não conseguimos cuidar dos nossos lares como gostaríamos. por isso não temos filhos. Tenho saudades dos meus bichos, imagine ficar longe do meu filho o dia todo. Eu não consigo nem pensar. Aff...

    Belo texto! Beijão!

    ResponderExcluir
  29. eu adoraria ser Amélia... e sonho em ser...tenho fé...hahaha

    amei o texto!!!

    ResponderExcluir
  30. Oi, Mila

    menina, isso daqui virou quase um fórum de discursão sobre o tema do testo, não foi?rsrs
    Ai, Eu queria conciliar os dois. Dá pra ser? gosto da vida agitada, trabalhar, ter meu dinheiro. Mais também queria ter mais tempo livre, ter uma vida menoas corrida sem cobranças e tudo mais.
    Na verdade eu queria mesmo era a parte boa de cada uma das opções...rsrsrs]]bjus

    ResponderExcluir
  31. MILA EU AMEI O POST. SABE QUE EU QUASE TODOS OS DIAS PENSO COMO ESSE TEXTO? ANDO MUITO CANSADA, EXAUSTA...ENFIM,PRECISO DE UM TEMPO PRA MIM, PRA MINHA CASA,PROS MEUS FILHOS,MAS INFELIZMENTE NAO POSSO,TENHO QUE TRABALHAR E MUITO... SABE AQUELE SERIADO DO "TODO MUNDO ODEIA O CHRIS"? POIS É TO DAQUELE JEITO..TENHO 2 EMPREGOS!KKKK É VERDADE. MAS AMEI ESSE TEXTO E VOU SONHANDO MAIS UM POUCO.BEIJO!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  32. Oi querida, hummmm o macarrão fica mt bom. E o doce de tang de morango. Sem comentários, é maravilhoso. Vc vai gostar.

    beijinhos,

    ResponderExcluir
  33. POis eh ja tive essa vida agitada de acordar cedo e trabalhar e tal, casei mudei de estado e estou aqui atoa sem nada ra fazer, mas vou confessar quro minha vida agitada de novo, não gosto de ser dependente, gosto de compras as minhas coisas com o meu dinheiro e detesto fazer o serviço de ksa...kkkkkk Bjus

    http://sublimesblog.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  34. Mila, adorei o texto!
    Estou com vc! =)

    Tbm quero acordar 8:30h e passar roupa assistindo Ana Maria! rs

    beijos,
    Ana
    casadonossojeito.blogspot.com

    ResponderExcluir
  35. algumas vezes eu gosto de ser independente mas outras não.

    Por muitas e muitas vezes eu ia trabalhar e ficava olhando as pessoas na rua fazendo suas caminhadas, passeando com o cachorro ou com as crianças e ficava só na inveja.

    Depois disso eu fiquei 3 anos sem trabalhar pra cuidar do meu caçula e já estava tão farta de afazeres do lar que invejava aquelas que saiam todas as manhãs para trabalhar.

    :) eheheheh..

    Beijos!

    ResponderExcluir
  36. OI MILA!!!
    JÁ TIVE UMA VIDA MUITO CORRIDA...
    MAS HOJE SOU FELIZ!!!
    CUIDO DA CASA, DO FILHO E DO MARIDO E AMO TUDO ISSO!
    NÃO ME ARREPENDO DE TER PARADO DE TRABALHAR, VIVO MUITO BEM ASSIM!
    NASCI PRA SER AMÉLIA ,SIM...
    BJO

    ResponderExcluir
  37. Os tempos mais uma vez estão mudando, já falei isso lá na Má, mas quero compartilhar com vc tb Mila, tenho pensado seriamente em fazer a tese do meu mestrado com esse assunto, cada dia vejo mulheres deixarem seus trabalho para cuidar da casa e dos filhos, um caminho inverso ao feito pelas nossas mães...o assunto é muito interessante. Eu por exemplo, luto pela minha realização profissional, mas enquanto não passo num concurso sou dona de casa...embora adore cuidar do meu lar e do meu marido, sinto falta da independência financeira. Uma dualidade comum em quem é dependente financeira.
    É muitas coisa para discutir, adoro esses tipos de interação!
    :D

    ResponderExcluir
  38. Abro mão dos direitos iguais sem nem piscar...AMEI O TEXTO!
    :)

    ResponderExcluir
  39. amiga abalou geral com esse texto hein..kkkk

    to contigo e não abro!!! hehehe

    já comecei a queimar os sutiãs!! hihihi

    bjs

    ResponderExcluir
  40. Eu apoio.
    Talvez eu não gostaria de deixar de trabalhar, mas queria ter uma rotina mais leve, mais tempo pro lazer, pra curtir a casa..enfim.
    Adorei o post.
    Um beijo,
    Lets

    ResponderExcluir
  41. Oi Mila gostei e não gostei do texto!
    Eu explico...

    Eu não queria matar a mulher que queimou o sutiã,

    por que para e pensa lógico que não ocorriam divórcios
    era o pai que escolhia o marido da filha, ela nem conhecia o noivo quando se casava e tinha que se resignar e casar, muitas vezes os maridos eram os diabos em pessoa e ela podiam exigir o divorcio? NÃO!
    e mesmo quando conseguiram esse direito passaram um bom tempo sendo deixadas de lado pela sociedade por que eram desquitadas!

    A intenção da mulher que exigiu os direitos era boa mas a sociedade ainda é muito machista!

    Se a mulher trabalha o mesmo período que o homem, por que os dois não podem dividir os trabalhos domésticos?

    E outra Mila eu to contigo eu nasci para ser Amélia!
    Mas nem todas mulheres nasceram, muitas preferem trabalhar! Um exemplo fictício, mas que vejo muito por ai, é daquela novela das 6, a treinadora de tênis, não quer ficar em casa cuidando dos filhos, e deixa a responsabilidade pro marido!

    É apenas minha opinião!

    Bjus...

    http://avidaebella-barbiii.blogspot.com

    ResponderExcluir
  42. Oi Milla, que polêmica hein...
    Bom adorei o texto, mas concordo em partes.
    No meu caso escolhi ter uma profissão que foge um pouco do convencional (policial militar) e isso é como um sacerdócio, não posso simplesmente me dar ao luxo de faltar um dia de trabalho, ou de querer mudar de emprego, só pq não gosto do meu chefe.
    Com pouco mais de um ano de casada, já tenho sentido muita dificuldade em ter que cuidar da casa, das roupas do marido, trabalhar fora o dia todo, e às vezes nos finais de semana também, e ainda estar linda e poderosa, e olha que não tenho filhos ainda.
    Mas também não sei dizer se gostaria de ficar o dia todo em casa, apenas cuidando dos afazeres domésticos. Fico com a opção do equilíbrio, quero sim trabalhar fora, mas tb quero ter mais tempo para ficar em casa e fazer outras coisas que gosto e sinto falta, como por exemplo meus artesanatos.
    E aí, será que consigo?

    Bjos Milla.

    ResponderExcluir
  43. Ah mila,
    mas nós mulheres somos assim... se só cuida da casa: quer trabalhar, se trabalhar o tempo todo: quer ter tempo para cuidar da família, do cachorro e da casa! São poucas satisfeitas totalmente com o que tem rsrsr
    Já eu não quero matar a tal fulana do sutiã não! Acho que ficamos muito bem obrigada tendo nosso dinheirinho e não dependendo financeiramente sabe? Só acho que faltam uns ajustes nessa relação.
    Uma jornada de trabalho reduzida para mulher, caia bem!!!! E homens que contribuam com a arrumação da casa, educação dos filhos e etc e tal, melhor ainda! Fora isso, acho que cabe a nós mesmas nos cobrarmos menos...nada de querer ser super-mulher!!! E principalmente tentar conseguir fazer aquilo que se gosta, que te faz feliz... seja ficar em casa, seja trabalhar fora 24h por dia... sem se importar com o que fulana ou sicrano pensam disso!

    bjins
    =)

    ResponderExcluir
  44. Oi Mila!!! E ando tão estressada com meu trabalho, sem tempo pra cuidar da minha casinha, sem tempo pra o blog e até sem tempo pra mim mesma...quando chego em casa estou exausta e só quero dormir!!! Gostaria sim de ter mais tempo, tipo, trabalhar meio turno, sei lá...
    Só desabafos! rsrs

    Bjos!!!!!

    ResponderExcluir
  45. Milaa, perfeito mundo não!? Nos revoltemos e voltemos a ser Amélias, afinal mulheres de verdade que somos, sexo frágil, delicado, não fomos criadas para quebrar as unhas no chão de fábrica ou para essa rotina dorme 5 trabalha 19h e quem dera o dia tivesse uma 36h não é mesmo? Abaixo o feminismo e que o mundo seja machista uma vez mais...
    Nascemos na época errada

    ResponderExcluir
  46. Oi Camila!!
    Então polêmico né... rsrs
    Vou até postar este textinho no meu blog, achei interessante, apesar de que discordo em alguns pontos.. enfim, vou me explicar melhor no post.
    beijão Flor.
    danifvieira.blogspot.com

    ResponderExcluir
  47. Oi Camila, acabei de chegar no seu cantinho, através do sorteio (confesso.. rsrs), mas depois desse post fiquei!!

    Ai, me sinto assim tb, queria muito poder ficar na minha casinha, cuidando de cada detalhe, sem mãos de ajudantes, deixando tudo com meu jeito, sem pressa, sem stress, sem cobrança... só com amor, ai como eu queria....

    Que sabe um dia isso acontece, mas por enquanto sigo, como essa fulana, que deu o primeiro passo e levou com ela zilhões de novas e modernas mulheres pra uma vida de correria....Quero ficar em casa fazendo bolo e vendo vale a pena ver de novo! hehehe

    Agora deixa eu correr pro sorteio!

    bjooo e estarei sempre por aqui!
    Fer

    ResponderExcluir
  48. Olá, boa noite! Eu estava procurando esse texto e encontrei seu blog.
    Eu queria achar a infeliz que inventou os direitos iguais e lhe dar uns bons tapas!! rsrs
    Tb tenho um blog e a semana passada fiz um post sobre nós, mulheres.
    Segue o link se quiser conhecer.
    Bjs, que Deus a abençoe.
    Adelisa.
    http://adelisa-oquerealmenteimporta.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  49. Entendo o se desabafo. Mas vivo um "drama" contrario. Me casei e fui mae aos 21 anos. DediHoje com 38, tenho 3 filhos e um marido maravilhoso. Dedico minha vida a eles e a "casa",mas existe um vazio que nada preenche. Velho meus filhos crescendo. Daqui a pouco, tomando o rumo de suas vidas. Manhã missão estará cumprida, mas e eu? O que sei fazer? Penso que nuncacé tarde para estudar ou trabalhar. Assim como, depois de anos de trabalho, a aposentadoria é merecida. Sei meu tempo vai chegar. A hora que tiver de fazer algo por mim, vou estar pronta. De repente sua hora de mudança TB chegou. Mas vou avisando, cuidar de casa e familia, não é exatamente como num comercial de margarina. VC se cansa, se frusta, tem uma carga horaria interminavel e sua responsabilidade pesa no futuro dos que vc mais ama. E como pesa, viu! Boa sorte!

    ResponderExcluir
  50. Entendo o se desabafo. Mas vivo um "drama" contrario. Me casei e fui mae aos 21 anos. DediHoje com 38, tenho 3 filhos e um marido maravilhoso. Dedico minha vida a eles e a "casa",mas existe um vazio que nada preenche. Velho meus filhos crescendo. Daqui a pouco, tomando o rumo de suas vidas. Manhã missão estará cumprida, mas e eu? O que sei fazer? Penso que nuncacé tarde para estudar ou trabalhar. Assim como, depois de anos de trabalho, a aposentadoria é merecida. Sei meu tempo vai chegar. A hora que tiver de fazer algo por mim, vou estar pronta. De repente sua hora de mudança TB chegou. Mas vou avisando, cuidar de casa e familia, não é exatamente como num comercial de margarina. VC se cansa, se frusta, tem uma carga horaria interminavel e sua responsabilidade pesa no futuro dos que vc mais ama. E como pesa, viu! Boa sorte!

    ResponderExcluir

Obrigada por me visitar,
e me alegrar com seu comentário...♥

 
Blog Casamila © Todos os Direitos Reservados.
Desenvolvido por Onze Web.