23/09/16

minha mini cafeteira

o cantinho do café ganhou mais um mimo *-* que estou amando. acho que já contei aqui e lá no insta que não vivo sem o café com leite. só que eu não passo café só pra mim (já que o marido toma leite com achocolatado) então eu uso o nescafé , que por sinal eu também amo.

tenho um cafeteira elétrica  daquelas normais, sabe aquelas com a "jarrinha" de vidro?! só que nunca acertei fazer pouco café nela. e também ficava com preguiça e dó de gastar filtro de papel pra uma xícara de café. então já tinha desistido do cafezinho. até conhecer essa cafeteirinha fofa.

quando eu vi o preço - R$49,90 - eu quis arriscar e ela tem tudo que eu precisava 
♥ ela passa um (150ml) ou no máximo dois (300ml) cafés, e tem a indicação de quantidade de água, o que é ótimo para passar apenas um café 
♥ ela não precisa de filtro de papel, vem com um filtrinho permanente, o que é excelente, porque gastar filtro pra um cafezinho é triste 
ou seja, pro meu café com leite ela é perfeita. 


antes de comprar vi vários videos e algumas observações  como:
- que o café não sai muito quente. realmente, ele não sai pelando (e tem quem goste assim) mas pra mim, que quase 100% das vezes todo com leite quente, tá perfeito. pra quem toma o café puro, tem que ser.. "fez, tomou". 
- que ela espirra café a hora que ele está sendo preparado . achei normal, como qualquer outra cafeteira. 
- que se além do filtro permanente, não for utilizado um filtro de papel o café fica com bora no final. eu não notei nada disso. 
- que o café sai fraco. isso vai depender da quantidade de pó (que com certeza não é a indicada no manual do máquina), e é só ir testando e ver como fica melhor pro gosta de cada um . tem a dica da minha amiga flozinha vivi, que foi a de compra um pó de café extraforte. e depois de passar uns 3 cafés, já dá pra pegar o jeito e ver o quanto de pó precisa pro café ficar do seu gosto. 


pra mim o custo benefício vale a pena. ela é prática pro cafezinho rápido. o preço é ótimo e ela é fofa (claro que ela não é tão forte, é praticamente inteira de plástico e bem levinha. mas cuidando bem, acho que vai longe). até café depois do almoço tô tomando ;) 
e tem outras cores lindas! ah, ela vem com duas xícaras brancas. escrito o nome da marca, mas como eu deixo essa fofa da nescafé, esqueci de tirar foto.



21/09/16

carrinho auxiliar - mimo pra cozinha

essa semana mostrei lá no insta o mimo novo da cozinha. uma fruteira que estou usando como carrinho auxiliar. 

separei só essas duas fotos que foram as que usei de inspiração, mas na verdade vi muito mais. 
amei dois carrinho da tokstok, mas além de caros, eram muito grandes e iam atrapalhar a passagem da minha cozinha. 

comprei no site das lojas americanas, a marca se chama arthi, e tem em vários sites. vi muuuitas avaliações negativas, dizendo que era muito frágil. realmente não é 100%, mas achei que está ótimo. 

parece pouco coisa, mas abriu um espaço significativo no armário. sem contar que achei que ficou muito fofo *-* 

e agora meus potes, que amo, estão expostos e mais úteis que nunca. e meus pratinhos de sobremesa, que ficavam sempre no escorredor, finalmente saíram de lá. tenho vários, um diferente do outro e uso bastante, no café da manhã, pra comer bolo, torta, frutas... amo. 

* vista da sala * 



13/09/16

panqueca de massa integral com recheio de ricota com brócoli

uma coisa que sai por aqui pelo menos uma vez por semana é panqueca. porque eu amo, é muito prática e porque a criatividade não anda boa.
aí semana passada eu fiz a de carne e me deu uma super vontade de fazer de ricota com brócoli. fiz ontem e ficou delicia.

ricota é um queijo que não gosto pra comer de pedaço (como o queijo fresco, por exemplo, que como inteiro) mas acho perfeita quando ela está temperada pra usar como recheio em algumas receitas.

eu amassei a ricota com um garfo e temperei com:
- sal
- pimenta 
- orégano
depois adicionei: 
- azeitona fatiada 
- brócoli ninja (que piquei bem e dei uma leve fritadinha no azeite com alho) 

tenho usado muuito a farinha de aveia, na panqueca, bolo de cenoura, massa pra torta, pra mim, fica exatamente igual a farinha de trigo (só que muuito mais saudável) 

Ingredientes: 
1 xícara de leite
1 xícara de farinha de aveia
2 ovos
Sal a gosto
1 fio de óleo

- só bater tudo no liquidificar ou mixer e fazer os disquinhos em uma frigideira

na hora de montar coloquei um pouquinho de requeijão na ricota e por cima gergelim que eu amo. 
ficou uma delicia, e matei minha vontade. acho que um molho branco combinaria mais, só que a famoso preguiça não deixou que eu fizesse, e também assim, como pouco molho vermelho, ficou mais light. 


07/09/16

coletor menstrual {é vida!}

em dezembro do ano passado comprei o coletor menstrual e contei lá no snap e no insta, fiquei de fazer uma postagem sobre, e o tempo foi passando e não fiz. mas sempre alguém me cobra e agora, 9 meses depois, posso falar com propriedade sobre ele. 

já adianto que no site da inciclo (marca do coletor que eu uso) tem muita informação e vale a pena ler. site-- > www.inciclo.com.br 


então vamos lá: 

 - como eu soube do coletor menstrual: a primeira pessoa a me falar sobre foi minha irmã, e quando ela disse que era um "copinho" que coleta a menstruação e era lavável e reutilizável eu achei muuuito estranho. tipo, como assim? credo, dá pra reutilizar? e a menstruação fica lá parada? achei estranho mesmo. 
eu já usava absorvente interno (ob) e mesmo assim não consegui assimilar direito. 
passou um tempo e vi um vídeo da jout jout que fez com que eu pesquisasse mais e ficasse louca pra testar. pra ver o vídeo é: só clicar aqui!

- o que é o coletor menstrual: como eu já disse é um "copinho" produzido 100% em silicone medicinal que se adéqua perfeitamente ao corpo. 
diferente do absorvente interno que fica atrás do colo do útero, o coletor fica em uma posição bem mais baixa (na entrada da vagina) o que torna tudo muito mais fácil. 
- quantas horas posso ficar com ele durante meu período menstrual? a higienização deve ser feita de 2 a 3 vezes ao dia, e o indicado é que se fique no máximo doze horas com o coletor (sem higienizar)
- como é feita a higienização? é só retirar, jogar no vaso sanitário a menstruação, lavar com um sabonete neutro e recolocar. o ideal é sempre lavar, mas claro se tiver em um local que não dê pra lavar,  só limpar com um papel é suficiente.

quando eu decidi testar o coletor: eu já usava o absorvente interno e já estava acostumada com ele, mas depois que soube do coletor e depois que li algumas coisas sobre absorvente interno (sobre substancias tóxicas que eles possuem, sobre eles absorverem umidade natural, que o ideal não é ser absorvida, sobre a síndrome do choque tóxico) eu fiquei muuutio afim de ariscar, te tentar. outra coisa que eu pensei era o tanto de lixo que eu ia deixar de produzir e o tanto que iria economizar.
eu indico muito, todas as mulheres deveriam conhecer o coletor. você vai conhecendo o seu corpo, vai aprendendo a quantidade de tempo, que seu fluxo menstrual permite que fique com o coletor sem se preocupar. ele é libertador. você pode colocar a roupa que quiser, fazer exercícios, você esquece que está menstruada. pra quem nunca ouviu falar no coletor, pode parecer estranho, mas acredite, é muuito mais higiênico do que o absorvente (que fica tudo ali, exposto) eu não consigo me imaginar usando absorvente novamente nessa vida.

validade do coletor: é recomendado que se troque o coletor a cada 2 ou 3 anos. 
ano passado quando comprei paguei entre 80 e 90 reais e comprei também, no site www.lewe.com.br a panelinha de 500ml esmaltada - que é atóxica (que uso para ferver o coletor no fim de cada ciclo, para que possa guardar ele até o próximo ciclo devidamente higienizado).
no site da inclico vende essa mesma panela só que o preço é maior.

essa postagem foi bem resumida, bem o papo que eu tenho, e as informações que passo pra quem me pergunta. mas como eu disse, no site inciclo tem muita informação, e com o coletor vem um manualzinho explicativo. mas com o tempo tudo vai ficando muito natural e prático, e não tem como não "pegar o jeito". eu tive a sorte de achar fácil logo no primeiro período menstrual que usei, mas tenho certeza que mesmo quem achar estranho no começo, vai se adaptar depois.

espero ter incentivado ainda mais que já estava pensando em aderir o coletor, e ter plantado uma sementinha em que nunca pensou nisso. isso é o tipo de informação que toda mulher deve passar pra frente. coletor menstrual realmente é vida!



06/09/16

terrário ♥ livros ♥ conchinhas ♥ prateleiras

sabe quando a gente coloca alguma coisa nova na decoração da casa e fica apaixonada, olhando, achando lindo? então tô assim com umas coisinhas por aqui. 

♥ primeiro foi o terrário, que o marido queria muito, e no sábado montamos o nosso (na verdade ele montou, eu só dei o apoio moral que é importante) 
o que ele tinha amado era com plantinhas naturais, mas, decidimos fazer com plantinhas artificiais. pela foto não ficou tão lindo quanto pessoalmente. e é incrível como são idênticas as naturais. ficou demais de lindo. 
♥ outra coisa que achei lindo (e tô empolgada) foram os livros, que o marido comprou (pra ele) e jura que vai fazer varias receitas. os livros são lindos, o maior é super detalhado, mas tanto o maior, quanto os menores tem fotos lindas. e o melhor, foi o preço, 10 reais os menores e 20 o maior, em uma feira que tá tendo no shopping. 
♥ mais uma coisa amor, foram as conchinhas que pegamos na praia e eu quis guardar, porque são lindas e trazem lembranças de dias tranquilos e deliciosos. 
 pra lavar minhas conchinhas eu:
- coloquei todas em uma panelinha com água e fervi por uns 10 minutos
-  depois esfreguei uma por uma cor um escovinha e detergente
- e deixei uma noite toda em um balde de água com um pouco de água sanitária
- depois só deixar no sol secar bem
ficaram branquinhas e todo esse processo garante que estão bem higienizadas
♥ e aí com a chegada dos livros do marido eu mudei algumas coisinhas na prateleira e tô amando.
 e as prateleiras, assim como o terrário, é mais amor pessoalmente.

coisinhas simples que vão deixando a nossa casa com a nossa cara e com lembranças boas.



23/08/16

Segundo Jantar do Manicômio Chef

demorou mais saiu!!! saiu o nosso segundo jantar (pra quem não sabe do que eu estou falando, tá tudo --> aqui) e finalmente to postando (tenho que deixar registrada essa nossa primeira edição rs) 

nosso jantar foi dia 30/07, e o segundo casal sorteado foi aninha e danilo. que já ganharam o prêmio revelação. 
digamos que cozinhar não é a melhor habilidade deles, então estávamos todos ansiosos. mas eles se superaram. no sabor, criatividade e capricho. a noite foi italiana! 

   Entrada: 
- Saladinha
- Frios
- Bruschetta 
- Batatinha Recheada 

Prato Principal: 
- Massa com molho branco e salmão 

Esse salmão assado com ervas estava delicia! 

Sobremesa:
- Torta de Morangos
a gente comeu bem e nos divertimos muito (os vizinhos adoram essas reuniões rs) 

que o proximo jantar demore mais um pouquinho, pro meu jantar ficar cada vez mais longe. medo. 





13/07/16

o gato frederico ♥

e viva o instagram, que tem postagem todo dia, e assim, ninguém pensa que eu morri (já que aqui no blog, as postagens estão devagar) e quem tá por lá, viu que agora tenho um filhinho fofo *-* 

as vezes as pessoas se confundem e acham que o raji (esse lindo --> aqui) é meu, mas, infelizmente não, ele é meu vizinho e foi por causa dele, que comecei a amar os gatinhos. 
quando e como eu comecei a gostar de gatos?
eu sempre só tive cachorro e quase nenhum contato com gatos. e apesar de não ser uma pessoa que não gostava de gatos, eu também não tinha muito simpatia. era meio indiferente. achava fofo, mas não tinha vontade de fazer amizade. até que meu vizinho raji começou a ir em casa, entrar, deitar, comer, e eu comecei a amar (ele é um fofo, super manso, um rei). 

só que o raji não era meu. ele ficava muito em casa, mas quando tava afim de ir embora, ficava miando pra abrirmos pra ele. e eu queria um gatinho pra mim, filhote, que se acostumasse com a casa, com o nosso jeito e tal. marido estava resistente. apesar de amar todo e qualquer bichinho, ele não queria, e umas das questões era o raji não aceitar, que infelizmente, é o que está acontecendo ;( 
só que o frederico apareceu e eu não resisti, insisti e consegui (eu sempre consigo rs) 

como o frederico apareceu?
minha priminha japa (a mais nova) é veterinária, e ele apareceu na clínica que ela trabalha. foi encontrado em uma fazenda e levaram ele pra lá. ela achou ele parecido com o raji, e quando eu vi, apaixonei. 
levei ele pra casa em uma quinta no fim da tarde, marido viu, amou, mas a resposta foi não. com dor no coração levei de volta. do dia seguinte conversamos mais. comprei ração, caixinha de areia, e fui buscar o mini raji (que ficou uns dias sem nome). 

gato da trabalho?
na primeira noite, saímos, e ele ficou dormindo bonitinho, chegamos, brincamos com ele e tal, na hora de dormir. marido viu que tinha xixi na cama, eu fiquei calma? não, queria morrer. tive que tirar tudo (óbvio) virar o colchão pra poder dormir e colocar o colchão no sol por alguns dias. nessa mesma noite ele não dormiu e arrebentou o fio do meu carregador de celular. foi tenso, e juro que achei que seria daí pra pior, mas não. ele não aprontou mais (mas sei que ainda vai), só come e dorme. de manhã e a noite ele tem uns picos de energia. mas, pra mim, dá muuuito menos trabalho que cachorro. não tem que passear, faz as necessidades na caixinha (tirando o ocorrido do primeiro dia) e não é tão dependente. 

os cuidados são básicos, vacinar, castrar e não deixar sair pra rua (que é um perigo tanto pra gato como pra cachorro). o frederico será castrado daqui uns 2 meses, porque ele ainda é muito bebê e por ser macho a vet me explicou que é melhor esperar mais um pouco (pra não ter problemas futuros)

sobre o raji e todos os gatos: 
eu amo o raji, sou grata por ele ter aparecido na minha vida, porque aquele papo de que só convivendo com um gato pra saber como é, é a mais pura verdade, eles são demais, não dá pra explicar. por mais que sejam independentes e soberanos, são fofos, engraçados, dorminhocos... enfim... queria que todos os gatinhos pudessem ter um lar pra ser o rei, eles merecem isso. e que todo mundo que gosta de animais, pudesse conviver com um gato. 

o raji se afastou e tô muito triste com isso, ele vem comer, mas não quer entrar, quando vê o frederico sai. queria muuuuito que ele se acostumasse, mas por ele não ser meu, não ser "obrigado" a conviver, tá difícil. e eu morro de dó. ele tem a casa dele, mas ele ta sempre na garagem e sozinho ;( 

já o frederico se eu tivesse encomendado não seria tão perfeito. peludinho, carente, quer ficar perto, dorme encostado na gente, deixa eu apertar, beijar, fazer o que quiser (isso era fundamental, pq não me controlo) ta sempre junto, ele é um fofo sem fim. é muito gostoso ver o quanto ele confia em mim e no marido. quem tem gatinho entende ♥ nossa única preocupação agora (além do raji) é que ele se acostume com as calopsitas, ele não tenta pegar, mas fica olhando pra gaiola como se fosse televisão, rs parado por um tempo. 

ele é lindo né?
muitas fotos ainda irão aparecer aqui e no insta do frederico, isso é certeza rs


08/06/16

torta integral (com o recheio que você quiser)

o assunto do último post continua... frio, chuva (que só parou hoje), e comilança. bom, e se uma receita rola duas vezes em um período de três dias, significa o quê? que ela é gostosa e fácil de fazer. 

rolou na sexta a noite uma tortinha integral de frango, e no domingo a noite, a mesma massa, só que com recheio de sardinha. 
o frango já estava cozido e desfiado (congelado) foi só refogar, e a de sardinha, é só misturar a sardinha com outras coisinhas. coloquei tomate, cebola, orégano, pimenta, ervilha e, em ambas as tortas, coloquei requeijão.


a receita da massa, é praticamente a mesma que eu já usei pra fazer diversas tortas salgadas, é de liquidificador, e super simples e fácil.

Eu usei: 
- 2 xícaras de farinha de aveia (receita original leva farinha de trigo) 
- 1 xícara de leite desnatado
- 2 ovos
- 3 colheres (sobremesa) de óleo (uso de canola) 
- 1 colher (café) de sal
- 1 colher (sopa) de fermento em pó 

Modo de Preparo:
- só bater tudo, deixando o fermento por último
- depois, transferir, toda a massa, para uma forma untada e enfarinhada, e em seguida colocar todo o recheio, por cima da massa. levar pra assar em forno pré aquecido 180ºC por aproximadamente 30 minutos. 

Dicas e Considerações: 
- com uma receita de massa, não da pra fazer, massa/recheio/massa, por isso, coloquei o recheio todo sobre a massa e apertei com uma colher pra ele introduzir na massa.
- coloquei o requeijão por cima 
- fica muito leve e gostosa
- vale muito a pena usar farinha de aveia, tem em qualquer supermercado e é baratinho ;) 

*coloquei gergelim e fica delicia* 

estou amando e preferindo usar a farinha de aveia... a torta ficou muuito mais leve ;) 
se testar, me conta. 


03/06/16

reconfortante

tem feito frio por aqui. e como choveu quase que a semana toda, fica ainda mais gelado. bemm mais gelado. e aí o que a gente quer fazer? comer e ficar em baixo das cobertas. 

e no friozinho tem tanta coisa boa pra se comer né?! sopa que eu amo, e minha mamis faz e me da uma panelinha toda semana ♥ fondue, que já rolou uma vez por aqui e eu quero mais ♥ mingau de aveia com chocolate, que fiz ontem pro marido e coloquei nutella ♥ enfim, tanta coisa boa...

e tem comida/bebida, que é reconfortante né?! que a gente come/bebe e sente uma sensação boa. leite com café (ou nescafé) é uma delas pra mim. é uma das coisas que eu não consigo me imaginar sem. eu preciso tomar todo dia. 
é um ritual de todas as manhã.... escolher a caneca, preparar com leite com nescafé e sentar no sofá pra tomar...

uma outra coisa que eu amo, que pra mim é a combinação perfeita, é carne moída bem refogadinha com purê (não precisa de mais nada). meu purê favorito é de mandioquinha (também conhecida como batata baroa) mas também serve o de batata, ou as duas misturadas. 

modéstia a parte, meu purê fica delicioso. 
eu sempre:
- refogo cebola na manteiga ou margira (pra mim purê tem que ser assim)
- ai coloco a batata/mandioquinha já cozida (obvio) e amassadinha
- tempero com sal, pimenta do reino e orégano 
- vou colocando leite, até ficar na consistência que eu gosto
- coloco uma colher de requeijão e parmesão ralado (nunca uso de saquinho) 

ai ai, fica muuuito bom...
depois eu coloca em um bowl com carne moída e como muito... 


enfim, o inverno foi feito pra isso... pra essas combinações perfeitas e aconchegantes. 
o finde aqui, pelo jeito sera gelado. então se alguém tiver mais alguma combinação perfeita, me conta ;) 



31/05/16

{bom ar air wick} os melhores aromas

terminar o mês assim, ganhando presente é tudo de bom! ainda mais esses presentinhos que eu amo. 
eu amo velas, e amo cheirinhos pela casa, e as coisinhas da marca bom ar air wick é a combinação perfeita entre os dois 

eu já tive a alegria de receber outros dois kits da marca (esses --> aqui e aqui) e fiquei apaixonada pelas velas que mudam de cor, agora tenho mais uma LINDA ... e também recebi o spray automático, que borrifa sozinho (com a intensidade que eu programar) um cheirinho delicia pela casa. ele funciona a pilha e conforme for acabando é só ir trocando o refil. 

mas o novidade desse kit é a "nova linha de odorizantes Life Scents. que foi inspirada em essências da vida real e é composta com fragrâncias tridimensionais, isto é, três dimensões de fragrância em um só produto. elas se alternam constantemente, o que faz com que sua percepção de duração seja maior, ou seja, ela é sentida por mais tempo no ar" 

a vela linda que recebi é a Jardim Místico, com aroma de framboesa, marshmallow e rosas
já o spray automático é o Doces Dias de Lavanda, com aroma de pétalas de lavanda, frutas vermelhas e algodão doce *-* 

vale muito a pena ter em casa, porque além de lindo, o cheirinho é simplesmente incrível! 

minha vela ficou alí na prateleira, e o meu spray em cima do rack, pra deixar a salinha bem cheirosa 




tradutor